Como e onde investir: Barra recebe eventos para potenciais empreendedores

Feira, palestras e workshops sobre empreendedorismo invadem a região; franquias são destaque

RIO – Como convencer alguém a investir num novo negócio em tempos de crise econômica? O fato de o mercado de franquias estar em ascensão — no primeiro semestre deste ano, cresceu 8%, em comparação ao mesmo período do ano passado — já é uma boa resposta. Para completar, a Barra recebe, neste mês e no próximo, grandes eventos sobre o segmento. No Expo Franchising, principal feira do ramo no Rio, e em oficinas e workshops de empreendedorismo, marcas e potenciais investidores terão muito o que conversar.

O fato de o mercado de franquias se manter em expansão apesar da crise está relacionada à confiabilidade e à estabilidade das marcas. A presidente da Associação Brasileira de Franchising (ABF Rio), Eliane Bernardino, diz que novos empreendedores se sentem mais seguros ao investir num negócio já testado e aprovado.

— Segundo dados da Sebrae, o índice de fechamento de um negócio independente com menos de cinco anos de vida está próximo dos 70%. Já no sistema de franquias, este índice é de menos de 15%. Claro que, se o momento fosse de estabilidade econômica e política, o crescimento seria muito maior, mas conseguimos nos manter bem. O risco continua existindo, mas numa franquia o investidor se beneficia da marca existente, do apoio e do acompanhamento contínuo do franqueador.

Em algumas áreas da cidade, a crise fez baixar o preço dos imóveis, o que também favorece os interessados em investir, ressalta a executiva:

— Depende do local. Mas em alguns pontos de rua vemos lojas oferecendo mais oportunidades de negociação.

Embora as marcas de vestuário, alimentação e cosméticos sejam mais populares, o setor de franquias tem uma gama bem maior de segmentos, o que se reflete nos números de expositores da próxima Expo Franchising: 250, um aumento de 25% em relação ao ano passado. O espaço físico da feira também cresceu, em 40%. Na programação, há oportunidades de conversar com proprietários e administradores de franquias, além de assistir a palestras de especialistas.

— A feira une a exposição, com oportunidade de conversar e tirar dúvidas, e a capacitação, através das palestras — diz Eliane.

Mercado em alta. O crescimento do sistema de franquias se reflete no Expo Franchising, que também cresceu seu espaço no Rio Centro – Divulgação/Tercio Teixeira / Extra

Outro evento que aposta na amplitude de ofertas para atrair o público é o GSPP Moda, Gastronomia, Diversão e Arte, organizado pela GSPP, consultoria especializada em varejo e franquias. Em três dias, palestras e degustações de produtos e serviços tomarão conta de uma casa no Joá, numa programação gratuita voltada para potenciais empreendedores. A diretora de marketing da empresa, Marcelle Martins, explica que o formato do evento partiu da ideia de promover uma iniciativa que “saia da caixa”:

— A intenção é ser diferenciado e descontraído, com conteúdo relevante e exclusivo. Vamos reunir pessoas que querem investir e marcas que têm conhecimento sobre formas de crescer por meio de franquias. Teremos clientes da casa, falando sobre seus negócios, mas também fizemos parcerias com pessoas de fora, para trazer bons palestrantes.

Clique aqui e garanta a sua vaga

Uma das atrações do evento será Sharon Azulay, da Blue Man, que vai falar sobre o lifestyle carioca e sobre como esse comportamento influencia a forma de empreender no Rio.

— Digamos que o paulista é mais profissional; e o carioca, mais despojado. Acho que tem algo mais leve no empreendedor do Rio. O comportamento carioca dita muitas tendências. Eu não preciso viajar para Nova York para procurar novidades se vejo que uma menina está amarrando o biquíni de uma forma específica na Praia de Ipanema. É a tendência no cotidiano carioca — explica.

Com apenas 26 anos, ela diz que é preciso aproveitar o que o momento tem a oferecer:

— Enquanto a Blue Man já passou por pelo menos três crises, essa é a minha primeira. Mas eu penso que, enquanto uns choram, outros vendem lenços. Tem muita gente fechando, mas, por outro lado, há várias oportunidades surgindo. Não existe revolução sem crise.

Umberto Papera Filho, Sócio da GSPP. Andre Soares , Sócio fundador da GSPP. Fábio Figueiredo, Sócio da Beer Underground. Alex Dominguez, Sócio fundador da Beer Underground – Barbara Lopes / Agência O Globo

A Corpus, empresa de depilação que recentemente reformulou seu modelo de negócio, também participará.

— É preciso evoluir, dar uma cara nova ao negócio — afirma Alexandre Dantas, diretor executivo da Corpus. — O mercado de depilação e design de sobrancelha está mudando, praticamente se fundindo com o mercado de maquiagem. Estaremos atrás de potenciais investidores, e, no evento, vamos oferecer design de sobrancelha e serviços faciais na linha como degustação.

Investimento também fora do Brasil

A clínica de estética Clinique Du Corps promoverá um workshop gratuito, no dia 26, no Barra Space Center, para os interessados em seu sistema de franquias. Na mesma data, a Seperuelo Consultoria e Gestão promoverá o curso gratuito Gestão Empreendedora e Financeira.

Direcionado a quem já mantém o próprio empreendimento, o curso enfocará como administrar corretamente os recursos financeiros pode ajudar o empresário a se destacar dos concorrentes.

— O modelo de um negócio é fundamental para o sucesso. Antigamente, as grandes inovações estavam no custo fixo, mas hoje é preciso ter mais flexibilidade. Não adianta a pessoa sempre querer aumentar o lucro, mas fazendo as mesmas coisas que já faz: esse é o motivo de grandes negócios estarem quebrando e outros prosperando na crise. Se você não tiver um diferencial no seu modelo, isso não funciona — avalia Ricardo Seperuelo, diretor da consultoria.

Florida Lounge – divulgação

Se o interesse é em investir fora do Brasil, uma opção nos próximos dias é o evento The Flórida Lounge, que vai até o dia 30 no Rio Design Barra. Os ciclos de palestras são dedicados a quem quer morar ou abrir um negócio nos Estados Unidos. Consultores especializados em cada setor esclarecem dúvidas sobre temas como os trâmites legais em cada caso e tributação.

Estarão sendo oferecidas também oportunidades de negócios no mercado imobiliário. Sócio da One Investment Group, Glauco Pochine explica por que decidiu promover o evento:

— Como muitos brasileiros enxergam a Flórida como um lugar para investimento ou moradia, até por causa do clima e da cultura, resolvemos trazer a Flórida para o Brasil. Mais do que oferecer produtos imobiliários, queremos ensinar como é viver nos Estados Unidos.

Apesar do dólar alto, Pochine garante que há boas opções de investimentos na terra de Donald Trump:

— O metro quadrado da Flórida ainda é mais barato do que no Rio de Janeiro. Na Barra, por exemplo, o valor fica em aproximadamente R$ 10 mil, enquanto, por lá, gira em torno de R$ 6 mil.
Fonte: O Globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *